domingo, 7 de novembro de 2010

Desculpa...


-Ei, volta aqui...
E agora? O que eu faço? Volto ou saio correndo?
Foi sem querer que eu bati nele, estava distraída e quando dei por mim já estavámos no chão!
Levantei -me, peguei meus cadernos e soltei um tímido de desculpas.
- Desculpa por ter batido em você, desculpa por ficar te olhando, por sentir sua falta na aula, por te xingar mentalmente quando estás com tuas amigas, por te amar.Desculpa mesmo tudo isso foi sem querer, eu juro que não queria que isto estivesse acontecendo. Mas logo, logo passa e poderás voltar a me tratar com indiferença.


"Eu não quero promessas. Promessas criam expectativas e expectativas borram maquiagens e comprimem estômagos"
-Tati Bernardi.

3 comentários:

૨αԲ¡ทђα disse...

OI!Sou novo por aqui.Gostei muito dos seus textos. Eles sao lindos.
Da uma olhada no meu blog tambem.

www.meupequenouniverso1.blogspot.com

Au disse...

“Logo passa e poderás voltar a me tratar com indiferença.”
É difícil de aceitar que certas coisas, inevitavelmente, acontecem mesmo indo contra o que queremos e sentimos.

E Tati Bernardi tem me impressionado com certas frases, muito boas!


Beijo Linda, ah, eu adoro a frase do perfil: Sou uma Cinderela as avessas!

Alice Duarte disse...

Seu texto me lembrou muito uma amiga... Ela está nessa situação :/
Enfim, adorei flor :D